Otoplastia

O que é?
Procedimento cirúrgico realizado a partir de sete anos de idade, quando a orelha humana já atingiu mais de 85% de seu crescimento, não havendo necessidade de se esperar até a adolescência para a correção. Estas deformidades podem dar origem a complexos que mais tarde talvez interfiram no perfil psicológico das pessoas. As bases da técnica operatória são conhecidas desde 1910, na atualidade atingindo em grande parte resultados bastante satisfatórios e naturais.

Anestesia/Internação
Na grande maioria dos casos é feita sob anestesia local sem necessidade de internação, desde que conte com a colaboração e a consciência do problema por parte do próprio paciente, que em geral relata aos pais a vontade de corrigir o afastamento incômodo existente entre as orelhas e a cabeça.

Duração da Cirurgia
Geralmente em torno de 90 a 120 minutos.Entretanto, o tempo de ato cirúrgico não deve ser confundido com o tempo de permanência do paciente no ambiente de Centro Cirúrgico, pois, esta permanência envolve também o período de preparação anestésica e recuperação pós-operatória. Seu médico poderá lhe informar quanto ao tempo total.

Pré-operatório
Comunicar-se com o seu médico até a véspera da cirurgia, em caso de gripe, infecções, etc. Manter-se em jejum por um período de 8 a 12 horas só é necessário nos casos em que o paciente será operado sob anestesia geral. Lavar os cabelos na véspera. Se o paciente tiver cabelos compridos, não deverão ser cortados e sim mantidos até um período após a cirurgia. Isto ajuda a disfarçar o curativo nos primeiros dias.

Pós - operatório
Evitar sol, friagem, vento e traumatismos locais por um período de 10 dias. Poderá retornar às atividades escolares, profissionais, etc 4 a 5 dias após a cirurgia. Alimentação livre, a partir do segundo dia.

Existem muitos outros procedimentos operatórios disponíveis no arsenal do cirurgião plástico, objetivando esta breve exposição apenas orientar quanto a alguns aspectos referentes ao que se pode oferecer. Obviamente nada do que possa lido substitui uma consulta com o médico de sua escolha.

Somente ele estará apto a realizar as avaliações necessárias e indicar o melhor tratamento para cada caso em especial. Certifique-se de estar consultando um especialista na área de atuação específica, busque informações, instrua-se e se oriente quanto a cirurgia pretendida.

Valorize sua consulta aproveitando o tempo disponível para sanar suas dúvidas. Consulte também o site da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. (http://www.cirurgiaplastica.org.br)