Abdômen

O que é?
Indicada para pacientes com excesso de pele, flacidez muscular e acúmulo exagerado de gordura da região abdominal, resultando em cicatrizes que ficam posicionadas sob as vestes. Somente em parte estrias oriundas de gravidezes e/ou aumento de peso podem ser removidas. Em determinados casos muito bem selecionados, onde a flacidez da pele e o excesso de tecido adiposo não são tão importantes, conseguimos minimizar em parte a extensão das incisões. Este procedimento requer uma avaliação bastante detalhada da anatomia da região bem como dos objetivos de cada paciente. Alguns cirurgiões utilizam drenos que permanecem durante certo período de tempo. Cintas elásticas são recomendadas. O repouso e a observância das recomendações são fundamentais, assim como o fumo deve ser suspenso algumas semanas antes da cirurgia.


Anestesia
Anestesia geral ou peridural.

Internação
De 1 a 3 dias (evolução normal).

Duração da Cirurgia
Duração média de 180 minutos. Este período poderá ser prolongado, se o caso demandar. Entretanto, o tempo de ato cirúrgico não deve ser confundido com o tempo de permanência do paciente no ambiente de Centro Cirúrgico, pois, esta permanência envolve também o período de preparação anestésica e recuperação pós-operatória. Seu médico poderá lhe informar quanto ao tempo total.

Pré – operatório
Comunicar-se com seu médico até 2 dias antes da cirurgia, em caso de gripe, período menstrual, indisposição, etc. Evitar bebidas alcoólicas ou refeições muito lautas, na véspera da cirurgia. Evitar todo e qualquer medicamento para emagrecer, que eventualmente esteja fazendo uso, por um período de 10 dias antes do ato cirúrgico. Isto inclui também certos diuréticos.

Pós – operatório
Evitar esforços por 30 dias. Não se exponha ao sol ou friagem, pelo período recomendado pelo seu cirurgião. Andar curvada, com ligeira flexão do tronco, e manter passos curtos, por um período de 20 a 30 dias. Salvo em casos especiais, alimentação livre, a partir do segundo dia.

Existem muitos outros procedimentos operatórios disponíveis no arsenal do cirurgião plástico, objetivando esta breve exposição apenas orientar quanto a alguns aspectos referentes ao que se pode oferecer. Obviamente nada do que possa lido substitui uma consulta com o médico de sua escolha. Somente ele estará apto a realizar as avaliações necessárias e indicar o melhor tratamento para cada caso em especial. Certifique-se de estar consultando um especialista na área de atuação específica, busque informações, instrua-se e se oriente quanto a cirurgia pretendida. Valorize sua consulta aproveitando o tempo disponível para sanar suas dúvidas. Consulte também o site da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

http://www.cirurgiaplastica.org.br/